Portal Gospel Play - O canal de conteúdos do cristão online!

Após a morte do sequestrador, Witzel propôs as vítimas, "coloquem Jesus no coração das pessoas"

Governador do Rio lamentou a morte do jovem, mas comemorou o resultado da missão de resgate com muita vibração

Wilson Witzel. (Foto: Reprodução / Youtube)

OUVIR NOTÍCIA

O caso do sequestro do ônibus na manhã da terça-feira (20/8), na Ponte Rio-Niterói, resultou com o sequestrador abatido por atiradores de elite.

O governador chegou ao local de helicóptero por volta das 9h45, e ao tomar ciência do fato, desceu da aeronave fazendo gestos de comemoração, vibrando os pulsos cerrados.

Após passarem por mais de 3 horas sob ameaça constante, os 39 reféns foram resgatados, quando um atirador de elite do Batalhão de Operações Especiais (Bope) acabou abatendo o criminoso ao perceber boa condição para efetuar os disparos no momento que o homem desceu do coletivo e jogou um casaco para os policiais, que resultou na morte de um jovem, identificado como Willian Augusto da Silva, de 20 anos.

Pouco depois da tragédia, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, subiu no ônibus e falou com as vítimas do sequestro sobre o incidente.

No vídeo, é possível ver Witzel levando palavras de conforto as vítimas, lamentando a morte do criminoso e orientando que elas saíssem de lá com a “missão de colocar Deus no coração das pessoas”.

“Aqueles que são evangélicos, aqueles que são cristãos, pra qualquer religião, que a gente consiga colocar Jesus no coração destas pessoas. Que os senhores saiam depois, as senhoras, com essa missão de colocar Jesus e Deus no coração das pessoas”, argumentou.

Ao final, o governador Wilson lamentou o ocorrido, mas afirmou: 'Não tinha outra alternativa'



 

Veja mais!

No Rio, traficantes causam destruição em terreiros de umbanda

Fonte

Portal Gospel Play
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Após a morte do sequestrador, Witzel propôs as vítimas, "coloquem Jesus no coração das pessoas"

Portal Gospel Play

O caso do sequestro do ônibus na manhã da terça-feira (20/8), na Ponte Rio-Niterói, resultou com o sequestrador abatido por atiradores de elite.

O governador chegou ao local de helicóptero por volta das 9h45, e ao tomar ciência do fato, desceu da aeronave fazendo gestos de comemoração, vibrando os pulsos cerrados.

Após passarem por mais de 3 horas sob ameaça constante, os 39 reféns foram resgatados, quando um atirador de elite do Batalhão de Operações Especiais (Bope) acabou abatendo o criminoso ao perceber boa condição para efetuar os disparos no momento que o homem desceu do coletivo e jogou um casaco para os policiais, que resultou na morte de um jovem, identificado como Willian Augusto da Silva, de 20 anos.

Pouco depois da tragédia, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, subiu no ônibus e falou com as vítimas do sequestro sobre o incidente.

No vídeo, é possível ver Witzel levando palavras de conforto as vítimas, lamentando a morte do criminoso e orientando que elas saíssem de lá com a “missão de colocar Deus no coração das pessoas”.

“Aqueles que são evangélicos, aqueles que são cristãos, pra qualquer religião, que a gente consiga colocar Jesus no coração destas pessoas. Que os senhores saiam depois, as senhoras, com essa missão de colocar Jesus e Deus no coração das pessoas”, argumentou.

Ao final, o governador Wilson lamentou o ocorrido, mas afirmou: 'Não tinha outra alternativa'



 

Veja mais!

No Rio, traficantes causam destruição em terreiros de umbanda

Fale conosco!

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)