Portal Gospelplay - O canal de notícias do cristão online!

MENU
Logo
Sábado, 28 de novembro de 2020
Publicidade
Publicidade

Política

Morre aos 83 anos o senador evangélico Arolde de Oliveira (PSD), vítima da covid-19

Político estava internado no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio, tratando sintomas da Covid-19

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu aos 83 anos, na noite desta quarta-feira (21), vítima de Covid-19. Ele estava internado desde 11 de setembro no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo nota publicada no perfil do senador no Twitter, Oliveira teve falência dos órgãos devido a complicações do quadro de coronavírus.

“Comunicamos que nesta noite (dia 21 de outubro) o Senhor Jesus recolheu para si nosso amado irmão, Senador Arolde de Oliveira. Falecido vítima de Covid e como consequência a falência dos órgãos. A família agradece o carinho e orações. Mais informações à posteriori”.

 

Arolde de Oliveira era proprietário do Grupo MK de Comunicação, focada no segmento evangélico há mais de 20 anos. Ele comandava a empresa ao lado da esposa, Yvelise de Oliveira, e da filha, Marina de Oliveira.

Nascido no Rio Grande do Sul, Arolde iniciou a carreira militar no Curso de Preparação de Cadetes de Porto Alegre. Cursou a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e se formou em Engenharia Eletrônica no Instituto Militar de Engenharia (IME).

Em 1983 assumiu interinamente o cargo de deputado federal e, em 1986, foi eleito pela primeira vez para a vaga de deputado federal. Oliveira foi parlamentar por nove mandatos e atualmente era senador pelo Estado do Rio de Janeiro.

TRAJETÓRIA

Engenheiro e economista, Arolde de Oliveira foi deputado federal por nove mandatos e atualmente era senador pelo Estado do Rio. O senador também era considerado um aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Arolde estava em seu primeiro mandato no Senado após ser eleito, em 2018, pelo Rio de Janeiro, com 17% dos votos válidos. O mais votado foi Flávio Bolsonaro, filho do presidente.

Na campanha ao Senado, Arolde destacou pontos, como: ser contra a legalização do aborto, das drogas e dos jogos de azar, além de ser a favor da escola sem partido, defender o fim da progressão de pena, a redução da maioridade penal e a flexibilização do estatuto do desarmamento.

Arolde de Oliveira nasceu São Luiz Gonzaga, em 11 de março de 1937. Cursou a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e depois se formou como Engenheiro pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) se especializando na área de Telecomunicações.

Além dos mandatos na Câmara e no Senado, Arolde também foi secretário de Transportes do Rio e secretário de Trabalho e Renda do Estado do Rio.

Veja mais!

Seja edificado(a) através das mensagens pastorais

 

ACOMPANHE NO FACEBOOK

 

Fonte/Créditos: Portal Gospelplay, com informações de G1

Créditos (Imagem de capa): O senador Arolde de Oliveira, de 83 anos. (Foto: Divulgação / Jornal Regional Evangélico)

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Encaminhe sua mensagem, assim que possível estaremos te respondendo ;)